August 4, 2016
Lucas
Tempestini

O que é Transformação Digital?

Hoje, você consegue imaginar sua vida sem celular, internet banking, netflix? O mundo vive uma transformação digital, e sua empresa não pode ficar de fora.

A transformação digital no seu dia-a-dia

A Sensedia acredita que todo negócio é digital (você já deve ter visto isso aqui no Blog da Sensedia!) e de certa forma o que queremos dizer é que nos dias de hoje é impossível que o seu negócio não esteja inserido em um contexto digital, seja como Presa ou como Predador. E se você pensa que o seu segmento é tão conservador que está imune, não poderia estar mais enganado. Paulo Câmara, Head de Digital da CI&T costuma contar uma das minhas histórias preferidas, sobre a disrupção causada no mercado de chicletes pelos Smartphones:

Comece a reparar nas filas de Padarias e Supermercados, em quantas pessoas estão pegando chicletes nas gôndolas e quantas estão imersas em seus celulares. Hoje, as vendas de chicletes só caem, porque o maior concorrente do chiclete não são itens presentes nas gôndolas, como o chocolate ou a revista. É o smartphone!

Você pensa: “Mas ahhh, eu já tenho um APP mobile e uma fan page no Facebook! Sou mega digital!”Quem dera fosse tão simples, meu caro! Vamos discutir o que é ser digital DE FATO.

Por onde começa a Transformação Digital?

Começa pela TI, oras! Mas não da forma como as pessoas pensam normalmente, por um app ou uma API pura e simplesmente, e sim pela maneira como a TI é vista dentro do plano estratégico da empresa. Dê um passo atrás, e tente se lembrar de como sua empresa discute o papel da TI na sua reunião de Board. É nível operacional ou estratégico? Como um custo ou investimento? Você já chamou o "cara de Tecnologia" para discutir o Roadmap da sua API ou produto?Obviamente, não é tão simples como coloquei acima, mas é necessário reavaliar a influência da tecnologia na visão estratégica da sua empresa, é necessário mudar o mindset de CEOs, CIOs e CFOs.E quero dizer estratégico mesmo, envolvendo os líderes e gestores da sua empresa!A Tecnologia não é só a responsável por reduzir os custos de uma linha de produção, mas também tem que funcionar como um agregador de valor, causar mudanças dos modelos de negócio, influenciar diretamente na experiência do usuário, aumentar a interação com o consumidor, aproximar clientes e fornecedores, gerar insights sobre o seu negócio e etc.

E onde entra aquele app mobile nessa conversa?

Muito além dos apps, a Transformação Digital se apodera de todos os meios digitais para estabelecer conexões com fornecedores e clientes/usuários.Atualmente existem quase 170 milhões de smartphones no Brasil, esse número gigantesco indica que a população brasileira é uma das mais conectadas do mundo.Por exemplo, em termos de ecommerce, podemos falar da experiência do usuário ao longo da compra, passando pela loja virtual, app, loja física, redes sociais e assim por diante. Nesse caso, o termo utilizado no mercado é Omnichannel, e esse é um exemplo de Mercado que caiu de cabeça na Transformação Digital.Na mesma linha de raciocínio, no centro das estratégias digitais, está a experiência do cliente, múltiplos touchpoints integrados, velocidade de resposta, contato personalizado e assim por diante. Esses são alguns dos itens que devem ser considerados para que a experiência do cliente seja satisfatória. Se você, assim como eu, nasceu no meio de tecnologia, isso pode ser bastante óbvio, mas em outros casos, talvez nem tanto.E falando em tecnologia, é ela quem possibilita esse contato constante e sob medida para seu público. Aos poucos, você pode adquirir informações e conhecimento sobre o que seus seguidores mais gostam de ler e aprender, e então entregar essa experiência unificada para ele.Aqui na Sensedia, gostamos de chamar isso de Efeito Disney: encante seus clientes o tempo todo!Por isso, as startups de tecnologia aliada a finanças, as Fintechs, têm crescido tanto no Brasil ultimamente. Elas são empresas que já nasceram digitais e com isso, trazem em seus DNAs o foco na experiência de uso. Os apps mobile de empresas realmente digitais não são apenas mais uma ferramenta de “Branding”, e sim parte integrante de suas ofertas, um canal de comunicação aberto 24/7 com os usuários, que funciona como uma via de mão dupla, atendendo e oferecendo produtos e serviços aos clientes mas também coletando informações e feedbacks de seus consumidores.Entendeu agora porquê essa é uma discussão de nível estratégico? Você precisa envolver a sua equipe de produto, Marketing, Customer Success, Suporte...Enfim, toda a cadeia produtiva, do começo ao fim, precisam estar focados em transformar a experiência de uso para seu cliente!

Mas e o SMAC IoT?

Eu queria escrever um artigo de transformação digital sem falar nessa sigla, mas é tão frequente e presente nas estratégias digitais, que fica praticamente impossível.Empresas digitais possuem estratégias para Social, Mobile, Analytics, Cloud e Internet of Things.

Hoje, você consegue imaginar sua vida sem celular, internet banking, netflix? O mundo vive uma transformação digital, e sua empresa não pode ficar de fora.

Fonte da imagem

É impossível pensar em uma empresa Digital que não tenha frentes abertas para cada uma dessas iniciativas. Nem sempre eles são obrigatórios ou building blocks de uma empresa Digital, mas existem diversos aspectos que merecem grande atenção também, como por exemplo a Arquitetura da sua empresa.Iniciativas digitais requerem uma Arquitetura preparada, e diferente do que se vê em alguns lugares, não é “jogar fora” o velho, e sim entender o valor dos legados e prepará-los para as novas tecnologias que te levarão até o próximo estágio de maturidade digital.E não consigo enxergar uma maneira melhor de preparar seu legado para acoplar novas tecnologias que não seja através de APIs. É a forma mais simples de modernizar o seu legado, criando camadas de integração entre sistemas internos e também externos. De quebra você terá ganhos significativos de agilidade, flexibilidade e inovação.Nada mal!As APIs permitem que empresas criem um ecossistema de parceiros digitais, habilitando-as a entrar na tal da “API Economy”, assim alterando para sempre os modelos de negócios tradicionais.E não se preocupe: a Transformação Digital não ocorre de um dia para o outro. Ela é um processo contínuo.Muito mais do que algumas ferramentas ou módulos, ser digital é muito mais um Mindset, completamente direcionado para a criação de novos modelos de negócio, através de meios digitais e com foco exclusivo na experiência de uso dos seus clientes. A Transformação Digital não é um objetivo, é um caminho, desses que não tem volta. O mundo anda na direção dele. Vai querer ficar para trás?---O que achou do artigo? Deixe seu comentário!E aproveite para se inscrever em nossa newsletter. Mais de 8 mil pessoas já recebem nossos conteúdos! Não perca:

Veja também:

Obrigado pela leitura!

Voltar ao arquivo