May 4, 2020
Leticia
Trevisan

Sensedia em parceria com o CIO Brasil

Nosso COO, Marcílio Oliveira e nosso Diretor de Soluções, Fábio Rosato realizaram um bate papo com alguns dos principais executivos de TI do país para discutir, a partir de uma pesquisa realizada pela IT4CIO com aproximadamente 820 empresas,  sobre "os principais planos estratégicos para os próximos 12 meses”.A pesquisa apontou que entre os desafios dos times de tecnologia, se destacam:

  • TI ajudando na inteligência de negócio
  • TI ajudando na evolução de posicionamento de novos produtos
  • TI ajudando na modernização do legado

Hoje vou trazer highlights dessa conversa inclusive com cases reais de como as plataformas de APIs aumentam a inteligência de negócio e geram insights para o business, ajudam a posicionar a empresa com lançamentos de produtos com maior agilidade e habilitam estratégias para modernizar e facilitar o acesso ao legado.

Posicionamento de mercado

A discussão de plataformização está no radar de várias empresas, há alguns anos, é errado pensar que essa estratégia de plataformização somente seja válida para empresas que já nasceram 100% digitais. Existem diversas formas de se desenvolver sua plataforma digital, todas elas passam por APIs, mas ela pode ter diferentes modelos:

  • Interna: onde a empresa cria suas próprias necessidades para utilizar com fornecedores e equipes internas.
  • Restrita: para integrar com alguns parceiros e clientes
  • Pública: para vender seus produtos ou integrar com a comunidade

Independente do business o posicionamento de plataforma se encaixa para todos os negócios.

“Muito mais do que a forma que você se conecta com o mundo, é a forma que você pensa suas soluções digitais.”  

Visão de negócio

Como integrar a área de TI com a experiência digital, integração com parceiros e a inovação?Com plataformas e consultorias que atuam na habilitação do seu legado, da sua cultura e sua metodologia arquitetural, te tornam hábil para a exposição de serviços com melhores experiências digitais, nos seus aplicativos, com parceiros, sempre focado para a inovação do negócio.  Pensando nos desafios iniciais, queremos compartilhar insumos de como é possível, através das experiências digitais, chegar na inteligência de negócio, ter com ecossistemas parceiros, lançar novos produtos e modernizar legados através de uma arquitetura mais ágil.

Como a TI facilita e traz inteligências de negócio?

O principal desafio da inteligência de negócio é entender como a TI pode não só para fornecer inteligência, mas também ajudar na tomada de decisão. Quando a comunicação com seus clientes é centralizada em canais digitais, as arquiteturas reúnem todos os dados com inteligência para a compreensão do comportamento do consumidor de cada canal, assim, você passa a mapear e analisar todas as atividades que trafegam naquele ponto e gerar insights.

“Muito mais do que transformar uma API em uma conexão é transformar a API em um dado que pode se analisado e prover inteligência.“

Na prática esse cenário pode ser aplicado em diferentes frentes:

Para tornar a inteligência de negócio ainda mais palpável para o seu cenário, trazemos dois cases que através da inteligência provida pelas APIs puderam alavancar novos ganhos.

Case Natura

Case SulAmérica

Como através do ecossistema de parceiro conseguimos lançar novos produtos?

O maior desafio para o lançamento de novos produtos é na dificuldade de atender toda a demanda de negócio, com tempo hábil para realizar todos os processos necessários, principalmente nos ciclos de experimentação. A partir das APIs e ecossistemas de parceiros esse processo se torna mais ágil e facilitado com a padronização dos dados e releases mais efetivos.

APIs facilitando o lançamento de novos produtos:

Clientes nossos como o Banco Topázio e a Cielo QRCode entenderam muito bem como esse ecossistema de parceiros funciona e trouxeram inteligência estratégica para o negócio lançando novos produtos em tempos surpreendentes.  

Case Topázio

Case Cielo QRCode

Como através de uma arquitetura mais ágil conseguimos modernizar legados?

A maioria das empresas possuem sistemas de legados que gostariam de substituir ou melhorar, ou até mesmo se desfazer desses bancos de dados, mas isso seria complicado pela quantidade de informação, além de ser mais caro.A primeira estratégia utilizada para driblar o desafio é pensar em criar uma camada digital e plugar ao seu legado, fazendo as APIs se comunicarem com o backend com maior facilidade. A segunda estratégia é partir para uma solução baseada em microsserviços gerenciada por mecanismos de Service-Mesh, onde é possível ter um melhor gerenciamento da arquitetura, baseada em funções e modelos de APIs, que permitem se integrar de forma natural com o parceiro.A governança é um fator determinante quando se cria um conjunto de microsserviços, com uma arquitetura estruturada e baseada em APIs, ela possibilita o controle de tudo o que é feito com as APIs forma mais ágil e facilitada.

Case Algar

Nesse webinar falamos mais sobre como os clientes se desenvolveram com a transformação digital e como foi o processo, você pode ter acesso a todo esse material no link.  https://bit.ly/2W3Y0Le

Obrigado pela leitura!

Voltar ao arquivo