March 19, 2018
Eduardo
Arantes

O que é API?

O que é API?

Olhar para os elementos tecnológicos que estão transformando empresas e permitindo entregas de serviços digitais é uma preocupação de todos. Dentro desse contexto a dúvida sobre o que ´API é cada vez mais frequente. API é a sigla de Application Program Interface e pode ser descrita como um mecanismo simples, seguro, com baixo acoplamento, padronizado e interoperável para um desenvolvedor construir suas aplicações comunicando com um backend no menor tempo possível.Na prática, APIs são uma espécie de “cola digital” entre duas pontas, ou seja, ela consegue trazer a informação de um sistema de uma maneira eficiente e padronizada, permitindo uma integração e consumo desse dados mais facilitado por parte do desenvolvedor. Suas aplicações variam desde exposição de serviços para desenvolvedores independentes, ou também para comunicação com outros sistemas parceiros que exijam agilidade e rapidez na integração.As APIs são mais do que apenas interfaces para o backend, são habilitadoras fundamentais dos negócios digitais.

  • Distribuir dados/serviços por Novos Canais, através de diferentes interfaces e dispositivos (IoT), ou oferecer uma experiência omnichannel aos usuários;
  • Compor dados/serviços em Novos Produtos, ampliar ofertas existentes ou comercializar APIs-as-Products com diferentes formas de monetização, além de reduzir o time-to-market;
  • Desenvolver uma Nova Arquitetura de TI, event-driven e baseada em microserviços e mesh apps, para alcançar maior agilidade e escalabilidade, reuso, desacoplamento, deploys pequenos, flexibilidade, responsividade;
  • Explorar Novos Modelos de Negócio combinando recursos e estratégias, como a Plataformização;
  • Consumir Novas Tecnologias como serviços (AI, por exemplo);
  • Criar iniciativas de Inovação Aberta, permitindo que desenvolvedores terceiros criem aplicativos e serviços próprios a partir de open APIs, realizando hackathons e executando projetos de co-criação com parceiros ou startups;

O que é API? API é uma cola digital que conecta dois sistemas

APIs no dia-a-dia

Geralmente o usuário se depara com APIs no dia-a-dia mas nem faz ideia de que elas estão presentes. Hoje temos diversos exemplos que ilustram bem isso:

Marketplaces

Quando entramos no site da Americanas ou Extra, nos deparamos com um produto sendo vendido por diversos outros lojistas, cada um com um preço e um prazo de entrega diferente. Esse conceito de loja online chama-se Marketplace e é totalmente dependente de APIs e vamos dizer o motivo.Imagine se houvesse a necessidade de um esforço dedicado para colocar cada lojista dentro da Americanas, e além disso, cada vez que um produto é alterado, mudar manualmente as informações de estoque e disponibilidade. Seria impossível, certo? Certo!As APIs tornam esse processo muito mais fácil, permitindo lojistas se conectarem a Americanas e oferecer seus produtos por lá, sem a necessidade de uma gestão manual de produtos, preços e estoques. Aqui você pode ver Como as APIs revolucionaram os Marketplaces.Por que é vantajoso esse modelo? Um dos pontos mais importantes é o ganho de capilaridade, tanto para o lojista “pequeno” quanto para a Americanas. Enquanto o lojista consegue anunciar seus produtos num portal com um tráfego muito maior com um esforço menor, o site da Americanas consegue garantir disponibilidade de produtos sem necessariamente ter em estoque. Todos saem ganhando!

Logins

Outro uso recorrente das APIs são para logins. Quando nos deparamos com aqueles botões de “Logar com Facebook” ou outra rede social, isso é habilitado através de uma API. Basicamente o funcionamento é trazer as informações pessoais, previamente cadastradas na rede social, para os campos de cadastro do site em questão e agilizar todos os processos de validação de dados de maneira mais rápida para o usuário.

IoT

Não que já esteja totalmente integrada ao nosso cotidiano, mas a Internet das Coisas tem forte dependência de APIs. Lembra que comentamos anteriormente sobre as padronizações? IoT (Internet of Things) requer diversos protocolos de conexão para cada tipo de dispositivo (wi-fi, bluetooth, smartphones, etc) que as APIs conseguem solucionar de maneira simples e de fácil implementação. Em resumo, são diversos “pedaços” de software que precisam estar integrados acessando informações de outros softwares, assim a relação entre APIs e IoT é mais do que necessária.

Conclusão sobre O que são APIs

Como vimos, as API já são realidade para diversos usos, e seu crescimento ainda vai longe. Quer saber mais sobre o que é API e como podem transformar negócios? Temos diversos conteúdos e cases publicados em nosso blog que abordam o tema, e melhor ainda, mostram o uso de API na prática dentro das empresas.Conheça mais:

Case Portocred

O Futuro das APIs - APIX 2017

Estratégias Digitais e APIs

API Management da Sensedia

Obrigado pela leitura!

Voltar ao arquivo