July 6, 2017
Nicholas
Gimenes

6 erros que podem estar na Estratégia de APIs do seu E-commerce

A expansão dos marketplaces através das APIs criou um nicho de competitividade bastante forte nos negócios digitais. Sua estrutura permite reduzir custos e gerar novas possibilidades de canais com agilidade, conveniência para os usuários e geração de novos negócios.O papel das APIs é fundamental nesse processo, pois viabilizou as integrações simplificadas, além de jornadas omnichannel, ecossistemas de parceiros digitais, e iniciativas de open innovation.Porém, essas estratégias acendem uma luz vermelha em relação aos possíveis erros nas suas APIs, listamos alguns deles:

1) Não explorar todo o potencial das APIs

As APIs apresentam uma variedade de aplicações além da integração de sistemas e de parceiros, podendo ser utilizadas para gerar insights, ofertar serviços e geração de receita direta, aprimorar a experiência dos usuários, permitir a criação de apps, facilitar iniciativas de inovação aberta, aumentar a visibilidade da marca.A sua estratégia deve aproveitar todo o potencial das APIs de contribuir com o seu business.Veja também:Estratégia de APIs para Inovadores

2) Design Bottom-up

Utilizar alguma ferramenta para fazer uma conexão com seu backend e expor diretamente as APIs manterá vícios presentes no sistema. O design das APIs deve ser pensado como API-First, partindo de como os developers irão utilizá-las, priorizando uma implementação simples e seguir as melhores práticas para segurança e escalabilidade.Veja também:O que é uma Estratégia API-First

3) Não engajar desenvolvedores

Desenvolvedores são os principais usuários de suas APIs e um dos elementos cruciais para o sucesso da sua estratégia. Nem todo e-commerce dispõe de um portal para desenvolvedores com documentação de fácil acesso, comunidade ativa, suporte disponível, SDKs, além da realização de campanhas e eventos (hackathons, workshops).Veja também:Como um Portal de Desenvolvedores pode Transformar a sua Empresa

4) Não colher feedbacks

A exposição de APIs não é algo estático. As necessidades dos desenvolvedores e possibilidades de melhorias vão surgindo conforme o uso. É preciso dispor de vários canais para colher feedbacks e incrementar o poder das APIs para que forneçam sempre o máximo de valor para seus usuários.

5) Não definir bem as Métricas para avaliar as APIs

Utilizar vanity metrics ou acompanhar apenas métricas relacionadas a operação é perder o foco nos resultados de negócio e insights que podem ser gerados através de um monitoramento adequado das APIs.Veja também:Webinar - Indicadores para APIs

6) Gerenciar mal as APIs (monitoramento, segurança, performance...)

Uma ferramenta completa de gerenciamento de APIs possui funcionalidades para análise e otimização, design e exposição de APIs, configurações de segurança, conexão e transformação, monetização, entre outras - que podem ser exploradas para trazer mais agilidade e possibilidades para sua estratégia de APIs.Veja também:Webinar - Guia Prático de Gerenciamento de APIs---Deseja saber mais sobre como desenhar e implementar sua estratégia e aproveitar todo o potencial das APIs? Assine nossa Newsletter ou Entre em contato com nossos especialistas. ;)

Obrigado pela leitura!

Voltar ao arquivo